Mesa Redonda: Pontos críticos na pecuária leiteira – Parte 2

Dando sequência à mesa redonda sobre os gargalos da pecuária leiteira, direto de Castro, município paranaense que mais produz leite no Brasil, vamos mostrar quais os principais desafios na área da sanidade animal. E para falar de saúde, não podemos deixar de lembrar as doenças que mais causam prejuízos aos produtores de leite, como prevenir e tratar essas enfermidades consideradas grandes entraves do setor.

Mesa Redonda: Pontos críticos na pecuária leiteira – Parte 1

A nossa equipe de reportagem reuniu em Castro, PR, durante o Agroleite, lideranças da cadeia produtiva do leite para discutir quais os principais desafios do setor nas áreas de sanidade, genética, nutrição e manejo. Ao longo de três programas especiais, vamos acompanhar uma mesa redonda com muita discussão e informação sobre temas importantes que merecem ser debatidos em prol de um dos setores mais importantes da economia nacional.

Doenças Metabólicas – Como tratar

Nesta edição do Valeu Vallée vamos mostrar que vacas no período de transição precisam de nutrição e ambientes adequados para exibirem bom desempenho. Um manejo rigoroso diminui os problemas metabólicos e consequentemente, aumenta os índices produtivos e reprodutivos do rebanho.

Doenças Metabólicas – Como reconhecer

O assunto em pauta nesta edição do Valeu Vallée são as doenças metabólicas. Vamos mostrar quais os fatores que predispõem as vacas de leite à essas enfermidades, como identificá-las, quais os tratamentos e quais os impactos desses problemas para a atividade leiteira. A compreensão e os cuidados que envolvem o periparto, período de três semanas que antecede o parto até três semanas após o parto, são determinantes para o surgimento de doenças metabólicas, que podem influenciar na produtividade e nos ganhos gerados das propriedades leiteiras.

Vallée na Agroleite 2014

Direto da capital nacional do leite, em Castro, no Paraná, vamos mostrar as ações da Vallée na Agroleite 2014, um dos principais eventos técnicos da cadeia produtiva do leite realizado no Brasil.
A Vallée escolheu esta grande feira do setor leiteiro para apresentar aos produtores o seu novo lançamento da linha leite, o Masticine L. Quem visitou o Agroleite percebeu que a Vallée levou aos visitantes muita informação e, como sempre, de uma forma atrativa, agradável e diferenciada. Reforçando o seu compromisso que há mais de 50 anos é de buscar as melhores soluções para o homem do campo.

Qualidade do leite e mastite – Parte 5

O Valeu Vallée destaca que a contagem de células somáticas está diretamente relacionada a saúde da glândula mamaria e que para reduzir os índices de CCS no leite, os manejos sanitário e nutricional são de fundamental importância. Vamos mostrar de que forma o produtor pode se adequar para não comprometer a produtividade e a lucratividade do seu negócio.

Qualidade do leite e mastite – Parte 4

A qualidade do leite continua em destaque no Valeu Vallée. Vamos mostrar quais as medidas que o produtor de leite pode adotar na fazenda para reduzir a contagem bacteriana total do leite. A CBT mensura o grau de higiene da produção de leite e serve para saber se as vacas estão expostas ou não a um ambiente ideal.

Qualidade do leite e mastite – Parte 3

Para que o produtor de leite consiga atingir os parâmetros mínimos de qualidade estabelecidos pelo Mapa – Ministério da Agricultura, Agropecuária e Abastecimento, exigidos pela indústria e pelos consumidores é necessário a adoção de uma série de medidas práticas e eficazes de manejo na fazenda. Nesta edição do Valeu Vallée, vamos mostrar quais os cuidados que devem ser tomados para produzir leite sem resíduos ou contaminantes.

Qualidade do leite e mastite – Parte 2

O Valeu Vallée destaca a importância da produção de leite de qualidade e os benefícios para a cadeia produtiva. Ganha o pecuarista, que tem a oportunidade de receber mais pelo produto comercializado; a indústria, com a melhoria da matéria-prima adquirida; e o consumidor final, que tem acesso a produtos com segurança alimentar. O que significa que produzir leite com qualidade é fundamental para o produtor ser competitivo no mercado.